Ads Top

6 coisas que quebram o cabelo e que você faz o tempo todo sem perceber



Tintura, escova progressiva, escova definitiva: esses e outros tratamentos químicos podem causar a quebra do cabelo. Mas a ruptura do fio, mais próxima às pontas ou perto da raiz – caso em que ela pode ser confundida com a queda de cabelo –, também pode acontecer por danos mecânicos. Quando os fios são bruscamente puxados para cá ou para lá, o fio pode ficar poroso, opaco, bifurcar em pontas duplas e até se partir. O cuidado é ser mais delicado no trato das madeixas e banir algumas manias. Veja quais a seguir.


Lavar errado, passar o shampoo fazendo movimentos muito fortes pode danificar o fio de cabelo. Passe o shampoo no couro cabeludo com movimentos suaves com as pontas dos dedos. Esfregar muito forte, além de danoso, é desnecessário. na hora de espalhar o produto pelo cabelo, faça de cima para baixo, no sentido em que as cutículas se fecham.




Esfregar o cabelo com a toalha na hora de enxugar vale o mesmo: seja delicado e apenas aperte suavemente os fios contra o tecido, que já é bastante absorvente e sugará boa parte da umidade. Quem tem cachos, pode fazer movimentos de cima para baixo para ajudar a ondular os cabelos. Esfregar o cabelo com a toalha gera atrito que causará quebra e frizz.




Desembaraçar o cabelo de cima para baixo para tirar os nós dos cabelos faz com que o cabelo se quebre, o ideal é ir passando o pente das pontas até a raiz, percorrendo poucos centímetros de cada vez, até chegar ao topo.




Prender molhado pode causar dermatite seborreica, ou se prender com elásticos que não são feitos para essa finalidade pode romper a fibra capilar e causar quebra.




Enrolar as mechas com os dedos um truque para ondular os fios é um mau hábito e pode enfraquecer os fios que, esticados, tem sua estrutura danificada e ficam quebradiços.


Tecnologia do Blogger.