Ads Top



Vamos falar um pouco sobre moda inclusiva!
Como estou atualmente estudando Técnico em Produção de Moda, esse assunto surgiu fazendo muitos refletirem sobre tal.
Assim como as rampas, os banheiros acessíveis, será que existe pessoas trabalhando para criar roupas inclusivas?
Sim! Existe um projeto chamado 'Projeto Moda Inclusiva', trazendo roupas todas adaptadas para diferentes necessidades.
Vamos conhecer um pouco desse projeto?!



Projeto Moda Inclusiva
Quando se fala em garantir os direitos das pessoas com deficiência, deve-se sempre pensar da maneira mais abrangente possível. Atender às suas necessidades não se restringe, apenas, a construir uma rampa para o acesso de cadeirantes, ou a garantir uma prótese para quem precisa. Essas medidas, fundamentais, não devem ocorrer de forma isolada.



A inclusão total depende de um conjunto de ações que permita às pessoas com deficiência se sentirem, de fato, integradas à sociedade. Isso significa, sim, que haja rampas, que órteses e próteses sejam oferecidas. Mas significa, também, dar a possibilidade para que as pessoas façam suas opções. Possam escolher, por exemplo, para onde ir e quando ir. E, claro, escolher como as pessoas sem deficiência as vestimentas adequadas para cada ocasião.



Uma das maneiras de se alicerçar este processo isto é, permitir a acessibilidade a trajes adequados foi por meio da idealização dos concursos. Este processo melhor explicado a seguir introduz o conceito do imaginário e da criação. É por isso que a Secretaria de Estado dos Direitos da Pessoa com Deficiência tem organizado o Concurso de Moda Inclusiva que agora conta com a edição internacional.



O Concurso Moda Inclusiva faz com que jovens estilistas lancem um novo olhar e soluções que facilitem o cotidiano da pessoa com deficiência. E permite que elas sejam as protagonistas da passarela e ganhem as ruas com elegância e estilo. Vestidas para viver.



A par de trabalhar a autoestima das pessoas com deficiência é de grande importância a autonomia que as pessoas adquirem quando encontram roupas onde conseguem se vestir sozinhas, com soluções que facilitem o seu dia a dia, como modelagens diferenciadas. Por exemplo, para uma pessoa com deficiência visual comprar uma peça onde existe uma etiqueta em Braile com todas as informações que ela precisa saber e com detalhes como, por exemplo, bordado em Braile é uma conquista.



O Concurso Moda Inclusiva realizado pela Secretaria de Estado dos Direitos da Pessoa com Deficiência foi o primeiro a ser realizado no Brasil e segundo pesquisas também inédito no âmbito internacional nesse formato.


O projeto Moda Inclusiva estimulou a criatividade de vários grupos, como estudantes, professores, pessoas com deficiência, além de fomentar um mercado com foco na ergonomia e estender a questão da deficiência para diversos grupos da sociedade propondo uma reflexão comportamental, bem como uma moda influenciada pela diversidade com design inspirado na ótica do Desenho Universal.



O Desenho Universal é uma resposta ao movimento da sociedade, que busca eficiência e funcionalidade para todos os indivíduos ao longo dos ciclos da vida, um fator decisivo quando o objetivo é a construção de uma sociedade para todos que prioriza a eliminação de barreiras arquitetônicas, ambientais e estéticas.
Tecnologia do Blogger.